https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Terra nostra em guerra

 
Terra n o s t r a em guerra- Lizaldo Vieira
Sem paz
Em eterna guerra
Quatro bilhões de anos
Se vão
Remando na contra mão
Uma revirada implacável
Na vida de gaia
Na terra
A vida
É agredida
Mal amada
Atormentada
Aqui
Ali
Vai torrando
Suando
Mudam seu clima
Tacaram fogo na estufa
Virou tufão
Tsunami
Terremoto
Furacão
A febra aumenta
O tempo ferve
Enquanto a consciência dorme
Já não é possível respirar
Ar puro
Mal transpira
Aos trancos e barrancos
Tomando pancada
Pauladas
Pedradas
Por efeito de gazes
Há muito nem tão nobres
CO2 - Dióxido de Carbono
N2O - Óxido nitroso
CH4 - Metano
CFCs – Clorofluorcarbonetos
HFCs - Hidrofluorcarbonetos
PFCs - Perfluorcarbonetos
SF6 - Hexafluoreto de enxofre
Ainda tem
Vidro
Linha de nylon
Fralda descartável
Garrafa pet
Lata de alumínio
Material Plástico
Metal
Isopor
Madeira pintada
Filtro de cigarro
Goma de chiclete
Machado desmatando
Esgoto poluído
Lixão exposto
Tá duro sobreviver por aqui
Enquanto bichos e larvas
Traçam o que ainda resta
Dos rios e florestas
Destroem a orquídea
A beleza da rosa
Nossa vida
Pioram com comportamento
Insensato
Arrogante
E inconseqüente
Fazendo “gemer em dores de parto”
Nosso condomínio maior
A terra


Q U E S E D A N E C U S T O d e V I D A - Lizaldo Vieira
Meu deus
Tá danado
É todo santo dia
O mesmo recado
La vem o noticiário
Com a
estória das bolsas
Do que sobe e desce no mercado
De Tóquio
Nasdaq
São paulo
É dólar que aume...

 
Autor
Lizaaldo
 
Texto
Data
Leituras
453
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 22/04/2011 15:32  Atualizado: 22/04/2011 15:32
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29256
 Re: Terra nostra em guerra
UN TEXTO ENCANTADOR RELFEXIVO, DEIXO MEU ABRAÇO.

MARTISNS