https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Alma Gémea

 
Na procura incessante da alma gémea
Não descobrimos quem está a nosso lado,
Perdemos tempo, tão precioso,
Na descoberta de algo fabuloso
E não vemos de facto o ser amado,
Que por vezes é para nós indiferente,
Porque procuramos aquele ser indigente,
Que pensamos que nos pertence de coração.
Bem perto, muito próximo,
Temos por vezes o grande amor...
Se o olharmos com olhos de ver,
Aquele ser que nunca nos fez sofrer
E que seria incapaz de nos provocar dor...
Eu olhei, finalmente, em meu redor,
E vi-te a ti, meu amado!
Sempre estiveste mesmo aqui,
Estava cega porque não descobri
Que há muito me tinha apaixonado!
 
Autor
Vera Sousa
 
Texto
Data
Leituras
2956
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/10/2006 11:28  Atualizado: 13/10/2006 11:28
 Re: Alma Gémea
Olá Vera concordo contigo, Porquê procurar longe o que por vezes está tão perto?
A urgência de querer ver com os olhos por vezes cega-nos o coração.
Adorei nota 10 merecias muito mais, não existem votos para este teu poema tão real.

ConceiçãoB

Enviado por Tópico
Ivaneti
Publicado: 18/10/2006 11:17  Atualizado: 18/10/2006 11:17
Da casa!
Usuário desde: 05/09/2006
Localidade:
Mensagens: 242
 Re: Alma Gémea
Ola amiga Poeta...

Tão lindo seu poema...atravessou
a minha alma...só me garante que
aquele que nos faz sofrer não po
de ser ele a nossa alma gemea...
e talvez a alma gemea esteja na
amizade e não ao amor...
Parabéns
Beijinhos
Ivaneti