https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Fragmentos dum poeta de outrora

 
Fragmentos dum poeta de outrora
 
Fragmentos dum Poeta, despedaçados, estilhaçados;
migalhas de amor,laivos de dor e comiseração..
São esta a tua canção,Poeta de outrora!
O tempo é aqui e agora...Tempo de mudar...dum despertar..
Demora?? Mas urge a aurora,o advento de novas estórias, memórias...aventuras e travessuras...
Enfim, estar vivo, como um rio que corre para o mar...eu quero acreditar que é possível ...Mudar!

 
Autor
tereska
Autor
 
Texto
Data
Leituras
339
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Salvador
Publicado: 08/05/2011 14:21  Atualizado: 08/05/2011 14:21
Da casa!
Usuário desde: 01/12/2010
Localidade: Aveiro, Portugal
Mensagens: 377
 Re: Fragmentos dum poeta de outrora
"Enfim, estar vivo, como um rio que corre para o mar...eu quero acreditar que é possível ...Mudar!"

Gostei especialmente destas palavras. É sempre possivel mudar. Aliás existem momentos na vida em que essa mudança acontece naturalmente. Precisamos de viver ... é sempre possível, basta acreditar!