https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Saudade : 

LAMENTO

 
Tags:  saudade    liberdade    criança    infância    lágrima  
 
... Hoje, rolou uma lágrima
Silenciosa
e dolorida
dos meus olhos...
- Uma lágrima nascida
de uma Saudade existente
no meu coração:
- SAUDADE
daquela criança
- maravilhosa -
Que se pendurava na porteira
do velho sítio...
Experimentando o sabor
da INFÂNCIA
e da LIBERDADE!

... E era verde a paisagem,
como eram verdes, os anos...
Era doce, a vida,
Como eram doces a Infância,
a porteira,
o folguedo junto aos irmãos,
o regaço querido
- do papai e da mamãe,
à luz bruxuleante
da lâmpada a querosene;
(As histórias alegres,
e os risos soltos).

Hoje...
Sei que é impossível
voltar àquele mundo encantado.
Mas, a lágrima diz
De uma Saudade
e de uma Ternura,
que ficaram
- profundamente,
- eternamente,
Gravadas em minha memória.
E é como se eu visse
- A velha porteira
rangendo ao sabor do vento -
- Acariciando no seu balanço,
Uma eterna criança,
Que sonhava com a vida
Sempre feita desta Paz,
e deste encanto.

O vento continua balançando
a velha porteira:
- Balançando,
- Balançando...
... Até desaparecer
completamente
no abraço estranho
do tempo...

Como um lamento
Que o vai-e-vem
da vida
acaricia
através
da Saudade.

Saleti Hartmann
Cândido Godói-RS
saletihartmann@gmail.com

 
Autor
SALETI HARTMANN
 
Texto
Data
Leituras
865
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 27/06/2011 15:48  Atualizado: 27/06/2011 15:48
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9233
 Re: LAMENTO
Bom dia Saleti, a saudade é um sentimento que nos acompanha ao longo da vida materializada, e os eventos calorosos em nosso existir figuram com maior vivacidade em nossa mente, meus parabens pelo seu apaixonante poema, MJ.