https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

ilha deserta...

 
Minha ilha formosa, toda coberta de vegetação frondosa
Em ti me refugio de meu negro dia, te visito e te uso sem temer qualquer tua apatia
E mergulho em tuas águas salgadas, com ondas feitas em tuas marés antes paradas…
E lentamente de ti emerjo, tua praia e tua areia a cubro toda com o meu beijo
E recolho-me para dentro dos teus trilhos escuros, longos caminhos construídos sem a necessidade de recorrer a muros, todos eles escavados por mãos desamparadas…

Tua natureza selvagem, preenchida de cascatas de água pura e de uma suave aragem
Nela me embrenho sem medos, teus trilhos conheço eu sem quais queres possíveis segredos
E, minha ilha deserta, de loucas aventuras por mim corridas com minha mente sempre aberta
A ti á noite em meu leito sempre retorno, mesmo que minha vinda para ti tenha sido causada por um vil abandono, mesmo que tu o consideres um regresso enfadonho…

E teu brilho celestial, ilumina meu mundo noctívago duma forma fenomenal
E me marca em minha pele, teu traço doce mais puro que o mel, minha praia e sempre tua bela noite em mar alto rodeado de tua louca formosura …

 
Autor
kripy
Autor
 
Texto
Data
Leituras
873
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 21/07/2011 21:36  Atualizado: 21/07/2011 21:36
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9762
 Re: ilha deserta...
Boa Tarde Caro poeta, seu personagem se confessa encantado pelos dotes afetivos que vislumbra nesta a quem escolheu como sua provedora de afetos e caricias, meus parabens pelo seu instigante poema, MJ.