https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

NOVA ÉPOCA

 
Tags:  poeta  
 


Recordo-me das usuais belas frases de amor,
Que antes transitavam nos salões...
E ouvidos ávidos as ouviam com rubor,
Enquanto seios arfantes irradiavam emoções!

Mas aquele tempo foi-se com o romantismo,
Que foi substituído por palavras vulgares...
Os amantes esqueceram os galanteios e sem tinos,
Apenas se abraçam em quaisquer lugares!

Mas ainda existem os percussores daquela época,
Taxados de terceira idade...
Que sorridentes recebem os freqüentes elogios

E fazem valer a propagação de que amor não tem idade!
E que da maneira de viver, vem a felicidade...
Daí serem vítimas de constantes assédios!







 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
676
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.