https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Solidão : 

DEVASSIDÃO DOS SENTIDOS

 
DEVASSIDÃO DOS SENTIDOS
Graça da Praia das Flechas


Sinto medo, quando estou assim
Deste jeito frio
Coração desprovido de sensações
Como água parada
Estagnada
Sem ter por onde fugir...
Com o vazio no horizonte
Não sinto o Céu
Não vejo os montes...
A Lua doirada sumiu
Meus olhos estão opacos
Sem ter por quem sofrer
Por quem chorar
Por quem amar...
Estou rodeada
Pela insensibilidade de meus sentimentos....
Vulcão extinto
Doces lavas secas
O magma endurecido
Tudo diluiu-se
Simplesmente ... esvaiu-se....
Nem rancor
Nem dor
Nem saudades...
A cabeça é como se não fosse minha
Recusa-se a pensar
Unicamente isto...
É a inexistência do que nunca houve
De uma lembrança do que jamais será
Delírios que nunca foram vividos
É o não - ser
É a escuridão
É o Nada que pego
Da Devassiddão dos meus Sentidos
Com minhas próprias mãos...



Direitos Autorais Reservados ®

*** Campanha pelos Direitos Autorais na Internet ***
NITERÓI -RJ

 
Autor
specialwoman1
 
Texto
Data
Leituras
1319
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
1
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 15/09/2011 09:15  Atualizado: 15/09/2011 09:15
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 30003
 Re: DEVASSIDÃO DOS SENTIDOS
UMA MARAVILHOSOS POEMA, ONDE O SOFRER ESTA EM UM CORAÇÃO.
MARAVILHA