https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Data

 
Tags:  Sofia de Melo Breyner  
 

Tempo de solidão e de incerteza
Tempo de medo e tempo de traição
Tempo de injustiça e de vileza
Tempo de negação

Tempo de covardia e tempo de ira
Tempo de mascarada e de mentira
Tempo de escravidão

Tempo dos coniventes sem cadastro
Tempo de silêncio e de mordaça
Tempo onde o sangue não tem rasto
Tempo da ameaça



Sofia de Melo Breyner Andresen
( 06/11/1919 — 02/07/2004)
Autores Clássicos no Luso-Poemas

 
Autor
Sofia de Melo Breyner
 
Texto
Data
Leituras
325
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.