https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Perco-me?

 
Está demasiado apetecivel,
perco-me nesta noite?
Está tudo tão puro e virginal,
dá vontade de ceder,
Sim, se eu for, e depois?

O mundo á minha volta é nada,
e o mundo está com fome,
Dou-me?
que me poderá acontecer,
para além de tudo?

Se nao me der agora,
dar-me-ei depois.

Não!

Fujo da noite,
Não tenho qualquer motivo para o fazer,
mas faço-o

Vou arrepender-me,
mas agora é a certeza.

Acabei com tudo,
resta o nada.


Lara pereira

 
Autor
Sara Varela
 
Texto
Data
Leituras
1060
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
6
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 30/10/2007 17:51  Atualizado: 30/10/2007 17:51
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: Perco-me?
Devias ter te entregado, rsrsrsrs, quantas vezes
por receio acabamos assim vazias, belo poetar!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/10/2007 19:42  Atualizado: 30/10/2007 19:42
 Re: Perco-me?
Forma subtil de mostrar o arrependimento,...

Gostei,...



Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 31/10/2007 12:16  Atualizado: 31/10/2007 12:16
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3857
 Re: Perco-me?
É... o mundo está com fome...
Mas é uma fome de que se pode fugir!
E talvez seja o melhor que se faz!
Não se venha a arrepender depois.
Quando já nada houver a fazer...
Esse nada, em breve voltará a estar preenchido.

Beijo