https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Introspecção : 

Encontros Tardios

 
Tags:  reflexão    tempo    desilusão  
 


Chegamos tarde quase sempre
Nem é atraso ou demora
Somos somente tardios.
Sem encontro marcado sem hora
E num constante desfasamento
Essa será a fatalidade
De errarmos no momento…

Chegamos tarde e cansados
Do que éramos quando fomos
Julgando esses que não somos
Diferentes de nós…vã ilusão!
Fecham-nos as almas em arremesso
E a nossa fica mais em turbilhão
Na espera de um recomeço.

Chegamos tarde quase sempre
A culpa não é percebida
Num calar de corações desfeitos
Ignorantes do tempo pontual
O outro como nós está dormente
A probabilidade assim é perdida
Nas tramas da chamada Vida.


Julieta Ferreira

 
Autor
Julieta Ferreira
 
Texto
Data
Leituras
2009
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 31/10/2007 08:30  Atualizado: 31/10/2007 08:30
 Re: Encontros Tardios
VIDA É FEITA DE ENCONTROS PORE'M UNS TARDIOS OUTROS COM OS PONTEIROS DO RELÓGIO BEM CERTINHOS, QUANDO SE FALA DE AMOR ENTÃO ESSES ENCONTROS DEPENDE DE NÓS DA NOSSA PRECISÃO E DO NOSSO AMOR.
SEU POEMA É LINDO ESPERO QUE SEUS ENCONTROS SEJAM SEMPRE LINDOS

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 31/10/2007 08:47  Atualizado: 31/10/2007 08:47
 Re: Encontros Tardios
Este poema é uma prova que o tempo que perdemos com lamentações é um tempo perdido que poderíamos ter vivido melhor se soubéssemos aproveitar as coisas belas que a vida nos oferece.
Amei, mas nunca é tarde para retomar esta beleza de poema.
Soberbo.
ConceiçãoB

Enviado por Tópico
Henrique Mendes
Publicado: 15/11/2007 20:57  Atualizado: 15/11/2007 20:57
Membro de honra
Usuário desde: 01/07/2007
Localidade: Montijo / Portugal
Mensagens: 49
 Re: Encontros Tardios
Introspetivo e profundo.Bem equacinado, entre a emoção e a razão.E muito bonito. Parabéns, Julieta.HM