https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Calendário

 
Quando meus olhos encontram
apenas o vazio nos seus
e não sinto mais as batidas
aceleradas do seu coração
não sinto batida alguma...
e meu nome sai mascado da sua boca
misturado num riso forçado
então sei que o seu toque é frio
como um gesto automático apenas
sem emoção nenhuma
nada mais pulsa dentro de ti
nem em sonho me buscas mais
sei então que a hora chegou
ou melhor, a hora já passou
nosso tempo é finito, há tempos
e eu só agora percebi
então ficarás como página virada
como um calendário do ano passado
onde contei cada dia, após dia
num hoje que não existe mais
eu não posso te condenar, jamais
quem tem culpa? eu, você, o tempo?
tenho apenas que comprar um novo calendário
não para marcar as datas, ver os dias passando
mas sim para cada manhã me refazer
para cada mudança de estação me transformar
até que em algum instante
meus olhos encontrem novamente
outros olhos que se percam
junto aos meus.

Para Isa.... o poema veio através de uma troca de emails.
 
Autor
Affonso
Autor
 
Texto
Data
Leituras
766
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
belarose
Publicado: 06/01/2012 22:19  Atualizado: 06/01/2012 22:19
Colaborador
Usuário desde: 28/10/2010
Localidade:
Mensagens: 9026
 Re: Calendário
Boa noite,Affonso!

Saiu lindo este poema que se formou das trocas de e-mail,parabéns!

beijos

Enviado por Tópico
Felisbela
Publicado: 06/01/2012 23:24  Atualizado: 06/01/2012 23:24
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2011
Localidade:
Mensagens: 2207
 Re: Calendário ParaAffonso
As trocas de e-mail são muito proveitosas sempre!
A "partilha" de ideias é maravilhosa!
Esta troca de ideias, em particular, ficou genial...
Adorei Affonso! Parabéns!
Beijoca
Felisbela

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/01/2012 00:14  Atualizado: 07/01/2012 00:14
 Re: Calendário
Vim agradecer o carinho
você é muito bom com as palavras,

beijinho.
Isa