https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

"ONDE ESTÀS"

 
<br /> Onde estás?
Porque te foste?
A vida sem ti não tem cor
Não tem sabor
Não quero pensar que te perdi
Será que ainda és meu amigo
O amanhã será diferente
Falta-me o teu toque mágico
Já não me tiras flores da cartola
Fazias dum dia sombrio um dia colorido
Com o teu sorriso contangiante
Fazias das minhas horas tristes uma explosão de alegria
Fazias com que as minhas palavras
Tivessem um toque de amor
Contigo eu era uma flor desnudada
A ser desflorada para a vida
Era ligeirinha, suave
Como a lua entre as nuvens, numa noite de verão
Contigo aprendi...
Que com o amor não se brinca
Só se faz poesia
Que duma simples atracção pode nascer um amor verdadeiro
Que o amor tem de ser pleno
Aprendi a amar o amor
A sofrer o amor
A querer o querer
A sentir sem sentir o que sinto
Aprendi que és o meu sol
Um sol que se esconde e não quer aparecer
Nem sabes o que faria
Nas nuvens do teu cabelo eu faria o nosso ninho de amor
As minhas mãos deslizariam pelo teu corpo
E dar-te-iam loucos momentos de prazer
Elas anseiam por ti
Querem afagar-te, acariciar-te
partilhar contigo a minha alma
Esta alma aprisionada num castelo imaginário
Dar-te-ia todo o meu sentir
Todas as minhas emoções
Mas tu recusaste este amor que também amas
Foste-te embora
E o meu coração chora sem chorar
Os meus olhos doem de tanto te procurarem
Mas é tudo em vão
Foste-te!
Não sei se vais voltar
Mas nunca te vou esquecer
Deixas-te a tua marca sem marcares
Meu amor que sem seres
Serás sempre
O meu amor inesquecível
O meu amor de amar.










 
Autor
brasa
Autor
 
Texto
Data
Leituras
767
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 02/11/2007 14:42  Atualizado: 02/11/2007 14:42
 Re: "ONDE ESTÀS"
Que preoupação amorosa tão intensa.
Parabéns por esse bonito poema.