https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

"LÁGRIMAS"

 
<br />O vento sopra lá fora
Leva nas suas asas os meus sonhos as minhas ilusões
Fico quieta como que ausente no meu canto
Escutando a chuva que cai grossa e fria
Molha sem molhar a minha alma
Escorre como lágrimas pelos vidros da minha janela
Formando desenhos
Como se fossem mensagens
Para te dizerem o quanto te amo
As goteiras caem uma a uma
Como as lágrimas que me lavam o rosto
Choro os meus sonhos as minhas frustrações
Nem sempre os sonhos se tornam realidade
Mas temos de correr atrás deles
Tentando que não fujam
Sonhar é tão fácil!
O relógio bate as horas
Lembrando que é sempre hora de amar
Mas tu não estás!
Não quero que as minhas lágrimas me tirem o brilho dos olhos
Quero que eles brilhem intensamente para ti
Eles falam e dizem como eu te amo
Os meus sentimentos são inesgotáveis
São puros como esta chuva que cai ininterrupta
Chove copiosamente e os relâmpagos iluminam o meu quarto
O ribombar do trovão ecoa nos meus ouvidos
Não ouço o som dos teus passos
Olho a rua através da janela
Mas é em vão tu não vens
O tempo foi meu inimigo
O telefone toca
És tu!
Dizes que me amas que me queres
Querias estar comigo
Mas hoje não dá
Sei que amanhã também é dia
O sol vai voltar a brilhar
E iluminar a minha alma
Sei que vais voltar!



"BRASA"

 
Autor
brasa
Autor
 
Texto
Data
Leituras
817
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Hisalena
Publicado: 05/11/2007 20:38  Atualizado: 05/11/2007 20:38
Colaborador
Usuário desde: 30/09/2007
Localidade: Leiria
Mensagens: 762
 Re: "LÁGRIMAS"
Um poema de amor, bonito e intenso...e com uma grande verdade: amanhã é sempre outro dia!
Gostei.