https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Paixão : 

ESVAECIMENTO

 
Tags:  poeta  
 



Vou caminhando sem destino,
Embora à busca de nova ilusão...
Às vezes, desejos são desatinos,
Que exacerbam os corações!

E negras fantasias circundam,
Sem pressas e sem precisão...
Tais nuvens escuras que circulam,
Provocando até escuridão!

Mas meu desejo de ti persiste,
Almejando teu corpo que não mais existe
No meu amplo jardim da ilusão!

E tua auréola sempre está presente,
Enlouquecendo-me de corpo ausente,
Exterminando meu coração!



 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
538
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 10/11/2007 17:16  Atualizado: 10/11/2007 17:16
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: ESVAECIMENTO
alto lá, não deixarei exterminar teu coração,
que será de teus leitores? Belo, versos da alma!


Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 10/11/2007 17:28  Atualizado: 10/11/2007 17:28
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: ESVAECIMENTO
Tu és um grande Mestre, não necessitas de
inspirar-se em outros, e teu sonetos são sempre
marcantes, fortes, irreverentes, e de uma
profundidade de alma ímpar. Beijos!