https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Ó lua

 
Ó lua que ao meio-dia
Atormenta minha alma
Deixando meu ego despedaçado
E meus sentidos descompassados
Deixaste-me ao tormento
O ódio cresceu a mercê da dor
Ó jovens ao relento
Aprecias ao amor
As trevas da noite
Quando os olhos já não enxergam
O sangue nos olhos
E o buraco no coração.

 
Autor
Cesar_lange
 
Texto
Data
Leituras
662
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 15/06/2012 09:36  Atualizado: 15/06/2012 09:36
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29767
 Re: Ó lua
UM CORAÇÃO SOFREDOR, LINDO POEMA