https://www.poetris.com/
 
Textos -> Outros : 

Conversa na neblina

 
Conversa na neblina
 
_ Quem vem lá, forasteiro ou morador?
_ Não sei não, senhor.
_ Quem você vê?
_ Não sei dizer.Parece um homem, ou será mulher?
Vai se saber...

_ Não dá para identificar, longe demais, está...
_ Eu diria que é um ser humano, mas poderia ser espírito também...
_ Cala essa boca, homem!
Prefiro que seja andrógino e ficarmos sem entender, do que uma alma penada, que venha nos fazer tremer...
_ Qual nada! Andrógino por aqui?
Só se for conversa para boi dormir...

Fátima Abreu


NOTA:
continuação do conto: "O lugar onde Judas perdeu as botas"
 
Autor
FátimaAbreu
 
Texto
Data
Leituras
880
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/08/2012 20:27  Atualizado: 10/08/2012 20:27
 Re: Conversa na neblina
A neblina faz destas confusões Fátima...
Tá "um must" esse pedacinho de conto...
Há homens que se parecem mulheres e vice-versa, então num ambiente nublado, ou estavam os dois com os copos, rsrs.
Abraços
Luzia

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/08/2012 23:26  Atualizado: 10/08/2012 23:26
 Re: Conversa na neblina
Olá Fatima.

Tanta vez nem a neblina justifica o ser que tens á frente. Homem ou mulher, a neblina está no espírito de quem olha.

Gostarei do texto que poderia ter seguimento para algo superior.

Beijo azul

Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 12/08/2012 22:14  Atualizado: 12/08/2012 22:14
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 9599
 Re: Conversa na neblina
Este pedacinho deixa antever um bom trabalho.

Gostei de ler.
Beijo fátima
da rosafogo

Enviado por Tópico
FátimaAbreu
Publicado: 16/08/2012 18:31  Atualizado: 16/08/2012 18:31
Colaborador
Usuário desde: 11/06/2008
Localidade: Maricá, RJ
Mensagens: 2395
 Re: Conversa na neblina
AGRADEÇO AS QUERIDAS COLEGAS DO LUSO, PELA LEITURA DO MEU PEQUENO TEXTO. EM BREVE, FAREI MAIS DO TAL LUGAR "ONDE JUDAS PERDEU AS BOTAS"...