Frases e Pensamentos : 

O verdadeiro alimento do poeta

 
O poeta tem um apetite voraz pelas palavras, se alimenta delas e precisa delas para sobreviver.

Paulo Ribeiro de Alvarenga
Criador de vaga-lumes
Iluminando pensamentos

 
Autor
zzipperr
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1068
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
6
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/10/2012 14:25  Atualizado: 21/10/2012 14:25
 Re: O verdadeiro alimento do poeta
Muito verdadeiro, Zzipper.
Abracos,
~Mary~

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 21/10/2012 15:46  Atualizado: 21/10/2012 15:46
Membro de honra
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11092
 Re: O verdadeiro alimento do poeta
ZZipperr,
É esse de facto o alimento daqueles que usam a palavra para dar encantamento à vida.
Bj
Nanda

Enviado por Tópico
girassol
Publicado: 21/10/2012 16:00  Atualizado: 21/10/2012 16:00
Super Participativo
Usuário desde: 02/10/2011
Localidade: Lisboa mesmo ao lado...a levo de braço dado.
Mensagens: 194
 Re: O verdadeiro alimento do poeta
Verdade...aspalavras são estrelas, sóis e alvoradas,
infindável alimento de quem lhes tem amor.

bj.

Enviado por Tópico
belarose
Publicado: 21/10/2012 16:20  Atualizado: 21/10/2012 16:20
Membro de honra
Usuário desde: 28/10/2010
Localidade:
Mensagens: 9026
 Re: O verdadeiro alimento do poeta
Boa tarde Paulo!

Frase curta mas com uma verdade imensa!

parabéns meu amigo pela bela inspiração!

beijos

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/10/2012 21:37  Atualizado: 21/10/2012 21:38
 Re: O verdadeiro alimento do poeta
As palavras alimenta as vontades dos poetas, lindo poema, belo

Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 02/12/2012 21:27  Atualizado: 02/12/2012 21:27
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12485
 Re: O verdadeiro alimento do poeta
O alimento de palavras, enche-nos! E só engorda a alma e o coração. Gostei de ler,sim.
vólena