https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Humor : 

POEMAS PIADAS Antonio Cabral Filho

 
 
DESATINO

Qualquer dia cometo um "dístico
de raro sortilégio verbal"
e me atiro às traças
do "mal gosto ocasional."
***
BANDEIRA

Nunca participei
de escaramuças literárias,
não por medo de escaramuças,
mas por não ser tropa
nem ser chegado a generais.
***
SABONETE LUX

Depois que o Lux
enlouqueceu as estrelas,
o céu ficou muito
mais celestial.
***
MILITÂNCIA

Os meus sonhos de 68
acabaram em 69
nas areias de Ipanema
com uma loura bem suada.



AntonioCabralFilho

 
Autor
1acabralf
Autor
 
Texto
Data
Leituras
899
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
1
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
gadanha
Publicado: 22/01/2013 09:48  Atualizado: 22/01/2013 09:48
Da casa!
Usuário desde: 13/12/2012
Localidade: nesta seara
Mensagens: 469
 Re: POEMAS PIADAS Antonio Cabral Filho
caneco! haja vontade de rir porque motivo não há. deves continuar a tentar.