Poemas -> Tristeza : 

ANDANDO NA CHUVA...

 
ANDANDO NA CHUVA...
 
ANDANDO NA CHUVA...


Andando na chuva
Numa tarde calma
Afoguei as mágoas
Eu e minha alma

Eu e minha alma
Aqui lembrando
De coisas minhas
Continuei andando...

Continuei andando
Sem ligar para nada
Vendo meu reflexo
Na calçada molhada

Na calçada molhada
Nada para descrever
Só o coração sentindo
Não vou te esquecer

Carol Carolina


Open in new window



MEU BLOG
http://poetisacarolcarolina.blogspot.com/

Site em participação especial:
Website: www.LuzdaPoesia.Com








 
Autor
carolcarolina
 
Texto
Data
Leituras
5830
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
77 pontos
49
2
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 10/02/2013 19:36  Atualizado: 10/02/2013 19:36
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 18165
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Amiga e Poetisa Carol
Lindo poema porém triste como um dia de chuva, onde lágrimas e gotas da chuva se misturam e um coração apertado sofre no peito a ausência de alguém!
Parabéns! Fez-me chorar!
Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/02/2013 20:03  Atualizado: 10/02/2013 20:03
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Belas quadras Carol fazendo lembrar as canções antigas...e denunciando assim um estado d'alma abatido face quizás à partida do amor.
Belo, envolvente e muito bem conseguido menina.
Beijinho
Luzia


Enviado por Tópico
SoniaNogueira
Publicado: 10/02/2013 21:15  Atualizado: 10/02/2013 21:15
Membro de honra
Usuário desde: 31/10/2007
Localidade: Brasil
Mensagens: 624
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Nas palavras a confissão da saudade,
e água e calçada como testemunhas. Abs.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/02/2013 10:41  Atualizado: 11/02/2013 10:41
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Naquele dia de chuva, um coração magoado por não ser amado. Um poema sentimental, mas lindo demais

martisns


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/02/2013 16:39  Atualizado: 12/02/2013 16:39
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Querida Carol!

Uma construção poética linda , rimas encantadoras e versos inteligentes(coerentes). Uma tristeza 'embelezada' nestas quadras... no poema. Bela inspiração...

Gostei muito! Meus parabéns!

Bjs,

ALICE


Enviado por Tópico
RosaDSaron
Publicado: 12/02/2013 17:42  Atualizado: 12/02/2013 17:42
Da casa!
Usuário desde: 05/11/2011
Localidade:
Mensagens: 269
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Amiga Carol,este poema ficou cheio de encanto mesmo estando melancólico...
Amo te ler!
Parabéns e abraços!


Enviado por Tópico
GELComposicoes
Publicado: 13/02/2013 00:59  Atualizado: 13/02/2013 00:59
Membro de honra
Usuário desde: 04/02/2013
Localidade: Uberlândia - MG - Brasil
Mensagens: 2314
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Muito lindo!
Estranho como uma poesia pode trazer sentimentos diferentes. Ao contrário do sentimento de tristeza, senti a paz da tarde calma, do afogar as magoas e continuar andando. Sentindo, mas se reencontrando e aceitando.
Adorei.
Abração.


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 13/02/2013 01:05  Atualizado: 13/02/2013 01:05
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 10200
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Boa noite Carol, seus versos narram uma cena de perfeita sintonia, Homem/natureza, em que a chuva sublima os afetos já intensos da sua personagem, Parabéns pelo seu aconchegante poema carregado de linda melodia, e impecáveis rimas, um grande abraço, MJ.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/02/2013 04:24  Atualizado: 17/02/2013 04:24
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Olá, Carolina. Como é bom andar sob a chuva, mesmo quando entristecidos, ou saudosos. Parabéns muitos. Abraço para o RG.


Enviado por Tópico
Jovina
Publicado: 17/02/2013 19:45  Atualizado: 17/02/2013 19:45
Colaborador
Usuário desde: 23/09/2012
Localidade: Salvador
Mensagens: 537
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Musicalidade e poesia, amigas desde sempre inseparáveis passeiam bem juntinhas
na beleza dos seus versos.

Lindo texto, adorei a leitura.
Abraços
Jovina


Enviado por Tópico
Srimilton
Publicado: 17/02/2013 21:18  Atualizado: 03/05/2014 15:40
Membro de honra
Usuário desde: 15/02/2013
Localidade: Nenhuma
Mensagens: 1830
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Carol, que belo! Tão simples e belo como o cair singelo da chuva.
Lembrei-me de tantas coisas. Lembrei-me de Cora Coralina, lembrei-me
de meus estudos e perquirições sobre a alma, lembrei-me do livro vermelho de Jung,
e, por fim, sem terminar, lembrei de mim mesmo. Havendo oportunidade e momento te explico porque esse lindo poema me tocou tanto. A música, simplesmente um deleite, aliás, tudo.
Isto é poesia. Um presente. Beijo teus pés. Belíssimo! Abs....muita luz e paz. MF.


Enviado por Tópico
JPAnunciação
Publicado: 19/02/2013 23:30  Atualizado: 19/02/2013 23:30
Usuário desde: 18/06/2008
Localidade: Évora / Lisboa
Mensagens: 250
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Minha querida,

Às vezes precisamos andar na chuva e sermos essa mesma chuva que nos molha e nos ama e nos quer sentir.
Como gosto deste seu poema compassado e repetindo sempre o último verso no primeiro seguinte, como se fosse Renovação na continuidade do amor que sente.
Parabéns pelas suas palavras tão sentidas!

Um beijo grande,
João Paulo


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 20/02/2013 11:48  Atualizado: 20/02/2013 11:48
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Muito lindo !

Consigo ver as imagens que escreves , a nostalgia toma conta da alma da gente.

Meus parabéns,Carol!

Um abraço


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 20/02/2013 21:10  Atualizado: 20/02/2013 21:10
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
O prometido é devido!!!rsrsrs

Perdoa-me agora a ausência, sinto muito ter ficado longe da tua doce poesia!

Tranquila, é como me sinto ao ler-te! Adoro!

Obrigada pela partilha!

Beijinhos muitoooos

Felisbela


Enviado por Tópico
Eureka
Publicado: 23/02/2013 10:50  Atualizado: 23/02/2013 10:50
Membro de honra
Usuário desde: 01/10/2011
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4297
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Bom dia Carolina,

Parabéns pelo seu lindissimo poema, aparentemente simples, mas de facto, imensamente forte.
Uma mensagem muito bonita sobre o amor. Gostei muito de ler.

Um abraço
Eureka


Enviado por Tópico
belarose
Publicado: 04/03/2013 19:43  Atualizado: 04/03/2013 19:43
Membro de honra
Usuário desde: 28/10/2010
Localidade:
Mensagens: 9026
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Boa tarde Carol!

Humnm! Que doce e cheio de amor e saudades seu poema,parabéns querida amiga pela linda poesia!


beijos


Enviado por Tópico
SoniaNogueira
Publicado: 07/03/2013 02:25  Atualizado: 07/03/2013 02:25
Membro de honra
Usuário desde: 31/10/2007
Localidade: Brasil
Mensagens: 624
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Suave como o caminhar em tempo
de respingos na chuva. Abs.


Enviado por Tópico
FalcãoSR
Publicado: 13/03/2013 23:03  Atualizado: 13/03/2013 23:03
Colaborador
Usuário desde: 30/06/2006
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 2722
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Carol,


Como lindo, terno e suave como seu iluminado coração.


Beijos


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/03/2013 18:06  Atualizado: 21/03/2013 18:06
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Lindo Carol que chova então e os pensamentos continuem.

Abraços


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/03/2013 23:25  Atualizado: 26/03/2013 23:25
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
E vem a chuva e lava a nossa alma e um novo recomeço surge com a pureza de dias melhores. Lindo poema, amiga poeta!

beijinhos


Enviado por Tópico
Srimilton
Publicado: 15/07/2013 03:30  Atualizado: 15/07/2013 03:31
Membro de honra
Usuário desde: 15/02/2013
Localidade: Nenhuma
Mensagens: 1830
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Este seu poema é um dos mais belos que já li. Tanto que não consigo esquecê-lo.
Nunca senti algo tão belo e terno. Tudo em seu devido lugar, nem mais nem menos.
É o poema mais bonito do Luso, não só do Luso, o mais terno e perfeito.
Muitos grandes poetas adorariam tê-lo entre os escritos.
Já li grandes poetas e isto é normal. Mas nunca uma poesia
me faz lembrar tanto assim, só "Tabacaria" de Fernando Pessoa.
Sempre retorno a ele. Um grande presente!

Um beijo, Devi!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/07/2013 11:50  Atualizado: 15/07/2013 11:51
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Palavras que forma esse silênco que os transfromam em pingos de emoção. Um verdadeira parábula, lindooo

Enviado por Tópico
Srimilton
Publicado: 26/08/2013 17:52  Atualizado: 26/08/2013 17:52
Membro de honra
Usuário desde: 15/02/2013
Localidade: Nenhuma
Mensagens: 1830
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Uma obra magnífica, das mais ternas. Por isso sempre voltarei aqui para matar a saudade.

Um beijo, Carol!

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/08/2013 18:07  Atualizado: 26/08/2013 18:07
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Querida Carol!

Faço das palavras do Milton as minhas.

Teu poema tem as vestes da simplicidade, véus transparentes... mas o cerne da beleza , do sublime... da sensibilidade viva.

Por onde andas?

Estou com saudades de ti, não abandones o espaço por causa de pseudos.criticas de alguns que só entendem do seu próprio e pobre reflexo... se estou a exagerar, me desculpe,rs. É pela ausência e sei da tua sensibilidade, ternura e doçura... fazem falta.


Bjs,


ALICE

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/08/2013 18:59  Atualizado: 26/08/2013 18:59
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Suavemente lindo!

Enviado por Tópico
Srimilton
Publicado: 03/05/2014 15:47  Atualizado: 03/05/2014 15:47
Membro de honra
Usuário desde: 15/02/2013
Localidade: Nenhuma
Mensagens: 1830
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Passando para matar a saudade e, como diz o Jogom:
Suavemente lindo!

Bjs.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/08/2014 00:54  Atualizado: 11/08/2014 00:54
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Bonito Carol só o fato de fazer a gente imaginar caminhando na chuva valeu, e degustar teu poema foi muito bom.

Abs

Enviado por Tópico
Srimilton
Publicado: 07/05/2015 01:11  Atualizado: 07/05/2015 01:11
Membro de honra
Usuário desde: 15/02/2013
Localidade: Nenhuma
Mensagens: 1830
 Re: ANDANDO NA CHUVA...
Carol,

Neste momento, passei por um site em que tocava esta música deste seu poema. Automaticamente lembrei-me deste seu escrito e senti saudades. Espero que Vc não tire essa obra daqui, do jeito que está. É maravilhoso ler esse poema, ouvir a música e observar a imagem, maravilhoso!

Abraços, querida!