https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Águas de Março

 
As águas de março passam, e a primavera começa acabar ... as flores começam a cair
E o frio ressurge, deixando a paisagem sem cor e sem graça.

Os tons se adoecem e ficam foscos, os pássaros já não cantarolam como antes....
O sol não aquece, e o vento vem e entristece.

Corações sós, começam a congelar-se, empedrificam e ficam nús.
Já corações acompanhados, abraçam-se, esquentam-se e aquecem um a um com a estádia do inverno longo que estar por vir.

A cor branca e cinza tomam conta do céu, tiram o brilho do olhar aos caçadores,más não os de tesouros!

Os amistosos caçadores de risos e de arco-iris. Aqueles que vagam até achar o riso mais belo, onde o sol ofusca-se perante aquele riso, doce e singelo.

Na neblina que se forma o que dá direção é o vermelho, é o calor.
A sensibilidade de um toque, e o calor de um beijo enfim, o desejo!


(SED)

 
Autor
SED
Autor
 
Texto
Data
Leituras
499
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.