https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Salve o santo dia da ávore - Lizaldo Vieira

 



Hoje é o dia da árvore - Lizaldo Vieirea
Dê um bom dia
Um abraço
Coverse
Observe seu estado
Denuncie a davastação
Respeite seus direitos
De viver
Por tudo agreadeça
Pelo pelo ventinho fesco que sobra em seu quintal
Pela água boa de beber
O oxigênio que mantem a vida
Pelos móveis em sua casa
Pela madeira do seu delhado
Pela brasa do seu churasco
enfim
Pela sombra do teu dormir
Pelo ataúde que te leva pra última morada
Salve árvore amada
abençoado seja teu existir
Que em seu dia fiquem de folga
O machado
O trator
A serra eletrica
Dragões devastadores
Que a florestas sofre
E reclama..




Q U E S E D A N E C U S T O d e V I D A - Lizaldo Vieira
Meu deus
Tá danado
É todo santo dia
O mesmo recado
La vem o noticiário
Com a
estória das bolsas
Do que sobe e desce no mercado
De Tóquio
Nasdaq
São paulo
É dólar que aume...

 
Autor
Lizaaldo
 
Texto
Data
Leituras
487
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/03/2013 16:12  Atualizado: 21/03/2013 16:12
 Re: Salve o santo dia da ávore - Lizaldo Vieira
Boa tarde poeta.
Um dia a recordar sempre na humanidade, entrosando com o dia mundial da poesia.
Gostei muito das sensíveis palavras expressas.


Cumprimentos,


Frank_Mike