https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

quero-te meu

 


Quero-te meu.
Do mundo mas meu.

não é sede.
não é fome.

é apenas desejo
desejo de eternidade.




vejo nos olhares paixões perdidas, formas de eternidade antigas nos braços que se oferecem, nas rugas dos sorrisos.

e acredito que poderemos ser
um dia
eternos
sem idade.


 
Autor
ChuvaCristalizada
 
Texto
Data
Leituras
589
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
5
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 07/07/2013 14:23  Atualizado: 07/07/2013 14:23
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9312
 Re: quero-te meu
Bom dia poeta, haverão encontros afetivos que romperão sim a barreira da materialidade, parabéns pelo seu contundente poema, um grande abraço, MJ.


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 07/07/2013 20:53  Atualizado: 08/07/2013 01:20
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29334
 Re: quero-te meu
Eternamente com idade ou sem idade temos que se cuidar, para um bem estar

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 10/07/2013 03:47  Atualizado: 10/07/2013 03:47
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16261
 Re: quero-te meu
Poetisa
Instigante! Gostei imensamente da leitura!
Beijos!
Janna