https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Poesia dedicada ao poeta azuldo[de] amar.

 
Open in new window


Sou lagarta sem ti...

Antes de ti,
Desconhecia a beleza das coisas.
Depois de conhecer a tua vida de borboleta
Percebi,
Que as flores
Voam
depois de secas,
Embelezando novamente o jardim …

Open in new window



...sem ti sou Desordem do silêncio.


Tentei escrever um poema sem música.
Então Escrevi isto:

……………………………………………………………………………………….
……………………………………………………………………………………….
……………………………………………………………………………………..

Não percebeste?

São linhas escritas com o Silencio miúdo,
O Tricô de poeira
Ou melhor dizendo,
A tua Ausência
Sem voz
Em mim



Noventa vírgulas ao infinito de noves % dos homens não prestam e só não nos amam pelo sexo, quando estão a dormir, quando estão com outra…ou quando, simplesmente não estão, estando …

 
Autor
Clarissemalha
 
Texto
Data
Leituras
1203
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
5
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
azuldo[a]mar
Publicado: 14/09/2013 13:22  Atualizado: 14/09/2013 13:22
Novo Membro
Usuário desde: 04/08/2013
Localidade:
Mensagens: 7
 Re: Poesia dedicada ao poeta azuldo[de] amar.
Ouvi dizer que hoje o nascer do sol tinha parado no seu trajeto pois a alvorada das tuas palavras se tinha antecipado.
Sempre lindo o teu dizer, a forma como me sentes.

Como um abraço.


Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 14/09/2013 22:14  Atualizado: 14/09/2013 22:14
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 17655
 Re: Poesia dedicada ao poeta azuldo[de] amar.
Poetisa
Perfeito! Emocionante! Abraço!
Janna