https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

GRAÚNA

 
Tags:  poema  
 
GRAÚNA
 
GRAÚNA
(Jairo Nunes Bezerra)

Visionei a morena linda dos cabelos pretos,
Altaneira sempre ativando os meus desejos...
Para santa andante os meus respeitos,
De perdê-la predomina os meus receios!

E alheia aos olhares que a seguem, vai em frente,
Desprezando quem a ama...
Isso a gente sente,
Meu coração ardentemente por ela clama!

Não me importa a sua indiferença,
Impera a minha crença,
De tê-la num passado próximo em meus braços!

E alimentando sempre esse desejo,
Sigo-a pelas ruas diariamente visando o ensejo,
Que me possibilite aprisiona-la com os meus abraços!

 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
674
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.