https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Apetece-me

 
Venero, ver a chuva a cair,
E a agitação soprar,
Na noite antiga, as nuvens sombrias a fugir,
Hoje estou a escutar as criaturas mais lindas a cantar.
.
Apetece-me rir até cair;
Ou chorar de tanto rir;
Apetece-me viver,
Apetece-me sair desta cova para conviver.
.
Oh como me apetece, gritar de felicidade;
Cantar com liberdade;
Amar novamente;
Oh como me apetece, esquecer o que esta na mente (…)
Mas jamais conseguirei, porque neste momento só tenho frio.
.
Ana Carina Osório Relvas/A.C.O.R


A felicidade são pequenos sorrisos de determinados momentos
Ana Carina Osório Relvas/acor

https://acor13.blogspot.com/



 
Autor
A.C.O.R
Autor
 
Texto
Data
Leituras
791
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Asnoréctico
Publicado: 06/11/2013 14:42  Atualizado: 06/11/2013 14:42
Da casa!
Usuário desde: 12/06/2013
Localidade:
Mensagens: 283
 Re: Apetece-me
Brilhante a forma como nos enovelas, com as palavras deixando-nos curiosos a cada vocábulo novo que chega…

A sua poesia dá-nos sede, começamos-te a ler e ficamos curiosos, como vai terminar cada verso, cada estrofe, cada frase e por vezes o contesto inicial muda de uma forma impressionante ,foi o caso deste poema…

Muitos parabéns Poetisa Ana, é um sustento intelectual e emocional vivenciar de perto a imensa arte que têm, de conduzir as peripécias da sua alma nas palavras….

Um abraço.


Enviado por Tópico
martims
Publicado: 06/11/2013 15:14  Atualizado: 06/11/2013 15:14
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6796
 Re: Apetece-me
Apetecem nossas felicidade amplas como esse moemento em ler esseoema que esta um mim