https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

Dói-me tanto

 
Tags:  amor    poesia    medo    chorar    rir    drama  
 
Dói-me tanto,
Mas não me dói nada,
Só estou ferida na mente com meus versos de canto,
Ferida sem dor física que não encanto!

Dói -me tanto,
A alma que chora,
Que chora interiormente, tanto,
Oh como me dói a alma nesta hora!

Como refolgo esta dor?
Que dói brutalmente mas não mata!
Ai se não fosse a poesia o meu amor!
Como suportaria tanto sofrimento?
Que parece que a lágrima não se ata.

Ai que dor tão catastrófica,
Que não se calcula como a matemática,
Dói-me tanto meu amor,
Não sustento esta condenada dor!

Dói-me brutalmente o peito,
Está cheio de ansiedade,
Porque o Mundo é assim feito,
O que vale são as palavras,
que inspiram-me com liberdade!

Agora os meus olhos estão gotejando,
gotejado por intuito que toda a gente cogita,
Quando acabar esta quintilha,
Eu juro meu amor que por magia os meus olhos estarão sorrindo,
sorrido deliciosamente!

Ana Carina Osório Relvas/acor



A felicidade são pequenos sorrisos de determinados momentos
Ana Carina Osório Relvas/acor

https://acor13.blogspot.com/



 
Autor
A.C.O.R
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1042
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
3
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 07/11/2013 23:15  Atualizado: 08/11/2013 10:26
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6796
 Re: Dói-me tanto
olhos que gotejam, olhos que choram, olhos que amam, intenso esse magico poema