https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Esperança : 

O JARDINEIRO

 
Tags:  amor    saudades    flores    jardins  
 
Open in new window


Amargamente chora o bom jardineiro
Porque caiu do seu canteiro uma flor
Aquela que ele zelou com um amor verdadeiro
Agora lhe causam as lágrimas de dor

Era a mais bela de seu canteiro
Exalava o perfume do mais puro amor
Beija-flores borboletas eram atraídos pelo seu cheiro
E o jardineiro se alegrava com esse suave odor

Ele sempre a regava com muitos carinhos
Protegendo-a com responsabilidade e prazer
Calejava suas mãos tirando os espinhos
Fazendo de tudo para sua beleza permanecer

E em todas as manhãs radiantes
Ele chegava ao seu amável canteiro
E se alegrava ao ver a flor amante
Sempre linda exalando o seu cheiro

Numa tarde, porém que tristeza!
Lá estava morrendo sua mais linda flor
O sol cruel havia roubado a sua beleza
Deixando-a muito pálida pelo o calor

Chorou amargamente o bom jardineiro
Ao ver a sua flor prestes a cair no chão
Aquele que ele dedicou um amor verdadeiro
Não poderia estar ali naquela situação

Mas na vida é mesmo assim
A beleza terrena está sujeita a desaparecer
É certo que tudo que é belo tem o seu fim
Mas vale a pena dedicar o amor enquanto aqui viver

La estava o bom jardineiro em prantos
Inconsolável por causa da ingênua flor
Aquela que ele se sacrificou tanto
Para vê-la sempre bela e exalando o suave odor

Que pena do velho jardineiro
Mas vale a pena toda a sua dedicação
Pois sempre demostrou coragem e amor verdadeiro
Àquela que sempre alegrava o seu coração


O jardineiro levou para casa a pálida flor
E colocou-a num cântaro para recordação
Meditou nas flores que morrem sem conhecer o amor?
Que exala seu perfume na solidão

Quantos belos jardins sem jardineiro
Quantas flores lindas que não são regadas
Sofrem na vida com um amor passageiro
Choram em silêncios quando são enganadas

Quantos belos jardins sem flores
Quantas flores que nascem no deserto
Flores. Jardins e jardineiro em dores.
São pessoas que deixam de fazer o que é certo

Não plantaram com alegria amor
Não regam com responsabilidade e carinho
Seu coração covarde é cheio de rancor
Nunca amou com medo dos espinhos

Um bom jardineiro sempre é honrado
Com prazer zela daquilo que é de sua responsabilidade
Ele ama a todos e por todos é amado
Porque planta rega com fé e honestidade

Seja você como aquele bom jardineiro
Que zelou da flor com todo carinho
Plantou e regou um amor verdadeiro
Mesmo ferindo suas mãos nos espinhos

Somos sujeitos na vida a perder coisas importantes
Façamos como o jardineiro ele fez com o coração
Assim seremos capazes de levar a vida avante
Nossos sofrimentos e trabalhos não serão em vão



Open in new window














 
Autor
lovenyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
4945
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
4
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 04/05/2014 22:14  Atualizado: 04/05/2014 22:28
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: O JARDINEIRO P/lovelyn
Gostei do seu poema é de um jardineiro que tem muito amor às suas flores. Regueas-as com
muito carinho para que estejam sempre frescas e coloridas. Vão perfumar sempre a sua vida!. Abraço grande. Vólena


Enviado por Tópico
Lucineide
Publicado: 04/05/2016 12:16  Atualizado: 04/05/2016 12:16
Colaborador
Usuário desde: 06/12/2015
Localidade:
Mensagens: 1292
 Re: O JARDINEIRO
Bom dia, lovenyl. Gostei muito desse poema . Na vida, somos jardineiros . Quando deixamos o mato tomar conta de nosso jardim, as borboletas e as abelhinhas choram. Elas são os enfeites do nossos olhos. Quando esquecemos de regar nossas flores , outros insetos se aproximam e tiram delas o seu brilho. Mas as vezes cuidamos muito bem, porém tudo tem um prazo de validade. Se uma flor cai no chão, o bom jardineiro sabe que ela servirá de adubo para outras plantinhas. A flor sempre irá viver na lembrança do jardineiro. Que sigamos cuidando bem de nosso jardim, cultivando nele flores belas e cheirosas. Assim atrairemos pássaros, abelhas e borboletas.
Parabéns pelo belo texto . Abraços!