https://www.poetris.com/
 
Datas Especiais : 

Aquela mulher é minha mãe

 
Aquela mulher é minha mãe
 
Aquela mulher, com brilho no olhar,
firmeza inabalável,
passos apressados, voz forte,
desafiou a todos,
a si mesma desafiou muito mais,
nunca se deteve... avançou em paz.
É a mesma mulher que na solidão,
na pobreza ou na fartura,
dividiu tudo o que sempre conquistou.
Essa mulher
que passou por cima da brasa
dos seus próprios medos,
caminhou enfrentando
a resistência do movimento
dos sem ideal,
dos sem meta, dos sem coragem...
Aquela mulher atravessou montanhas,
percorreu caminhos de pedra,
chorou em silêncio, sozinha,
confiou,
mesmo quando lhe afirmavam
que o mundo ia desabar.
Aquela mulher
é minha mãe!
Ela não seguiu os sinais no caminho
apontados para o fracasso,
sofreu, viveu,
viverá sempre,
em tudo ou toda obra,
porque vai deixar muito mais
para frente do que para trás.

Ivone Boechat


Ivone Boechat
Consultora em Educação
Autora de 17 livros
Membro da Academia Virtual Mageense de Ciências, Letras e Artes -AVIMACLA
Membro da Academia Duquecaxiense de Letras e Artes
Membro da Academia Mundial de Cultura e Literarura
Membro da Aca...

 
Autor
Ivone Boechat
 
Texto
Data
Leituras
999
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.