https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Saudade : 

NOITE SILENTE

 
NOITE SILENTE
 
Noite silente a lua não
Conseguiu despontar!
Seu esplendor ficou escondido
Por trás das nuvens.

Tal qual a lua a minha alma
Escondeu-se e pranteou.
Como dias de chuvas,
As lágrimas saltaram
De minhas pupilas como
Chuvas torrenciais...

Ao recordar-me
De...
Sinto falta de...
Minha alma fechou-se...
Uma nuvem negra
Instalou-se em meu âmago!


Mary Jun

 
Autor
Maryjun
Autor
 
Texto
Data
Leituras
679
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
10
3
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Odairjsilva
Publicado: 06/05/2014 19:40  Atualizado: 06/05/2014 19:40
Membro de honra
Usuário desde: 18/06/2010
Localidade: Cáceres, MT
Mensagens: 2778
 Re: NOITE SILENTE
Amiga, como é gostoso ler seus poemas. Gosto muito. Esse é mais um deles. Gostei muito. Parabéns!!!


Enviado por Tópico
Manufernandes
Publicado: 06/05/2014 21:26  Atualizado: 06/05/2014 21:26
Subscritor
Usuário desde: 09/12/2013
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3860
 Re: NOITE SILENTE
"As lágrimas saltaram
De minhas pupilas como
Chuvas torrenciais..."

Perfeito, belo, mas...
não combina consigo!
Abraço
manu


Enviado por Tópico
Robertojun
Publicado: 06/05/2014 23:09  Atualizado: 06/05/2014 23:09
Colaborador
Usuário desde: 31/01/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 2188
 Re: NOITE SILENTE
Oi, amor!

Belíssimo poema.
Amei!

Ah, às vezes rimos,
outras choramos.
Quando vem saudades,
Sentimos falta
de quem amamos.


Bjs,

Roberto Jun


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/05/2014 00:05  Atualizado: 07/05/2014 00:05
 Re: NOITE SILENTE
O sol acaba sempre por rasgar as nuvens! Por mais negras que elas sejam…


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 09/05/2014 23:39  Atualizado: 09/05/2014 23:39
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29256
 Re: NOITE SILENTE
Rasga do peito uma dor que os olhos sentem. A trisrteza em versos lágrimas. Uma verdadira obra de arte