https://www.poetris.com/
Contos : 

A menina e o trem

 
Tags:  cotidiano  
 
Mary Jun

            A menina e o trem

—  À tarde, quando a locomotiva passava
 no vilarejo engenho velho. Despertava
Chamava atenção de todos que logo se debruçavam na janela para ver sua:
Chegada e partida!

— Foi numa tarde assim: que uma menina também despertou para ver a locomotiva passar que parecia flutuar sobre o trilho o mais rápido possível.
Todo fim de tarde era sempre assim; ela corria para a janela de sua casa quando ouvia a canção da tarde… Piuííí, Piuííí, Piuííí...

__ Sua casa era a mais humilde da vila, parecia que ia cair a qualquer momento. O telhado era de palha as paredes de sapé. Tinha uma chaminé de que, ela gostava de comparar com as fumaças da locomotiva. Naquela casa o fogão era a lenha, mas tudo lhe parecia adequado deixando-a feliz. A menina amava espiar o trem enquanto passava mil interrogações…

Não sabiam explicar a emoção daquela menina ao ver a locomotiva talvez quisesse ir com ela e, ou acompanhar a fumaça até as nuvens…
Seu olhar distante parecia revelar algo além!

— O interessante é que ela sorria quando a locomotiva passava. Tamanha alegria, mas numa tarde inesperada, ela sem entender só ouvia os gritos das pessoas.

— A sua mãe correu e a tirou da janela, ela sem entender queria saber o que teria acontecido? Sua mãe falou que uma mulher havia sido atropelada pela locomotiva!
Seu coração se encheu de tristeza.

Como algo de que ela gostava muito podia destruir uma pessoa num instante embora fizesse um barulho? Depois se descobriu que a mulher era surda.

— Aquele dia foi um misto de dor e tristeza, passou uma noite com medo e muito assustada. Tanto que foi dormir com seus pais. Todos imprensados e desconfortáveis, pois, ela tinha muitos irmãos.

— Presa a diversas emoções viajava em pensamentos até adormecer vencida pelo sono.
Ao despertar um lindo amanhecer. Ela respirou fundo olhando àquele mundo lá fora, pôs em pé.

- Bom dia. Papai do céu, não sei porque daquela mulher não ouvir e ter sido atropelada foi tudo tão triste, o Senhor é bom, ela agora deve ser um anjo morando aí no céu com o Senhor!

- Sabe Papai do céu: Aquele trem que vai e vem todos os dias fazendo muito barulho. Piuííí,Pííí me deixa feliz! É, deve ser coisa de criança. Ser livre, correr, fazer barulho sem se preocupar é, penso que é assim.


06/04/22
Camaragibe, Pe.
Mary Jun



Mary Jun

 
Autor
Maryjun
Autor
 
Texto
Data
Leituras
66
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 06/08/2022 01:51  Atualizado: 06/08/2022 01:51
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 17680
 Re: A menina e o trem
Mary
Apreciei o conto! Sensível!
Parabéns!
Abraço!
Janna