https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

MEL E AÇUCENAS

 
Acolhe-me trémulo
sente no peito o pulsar do meu.
Abraça-me
segura-me no teu corpo
e sabe do sangue que me ferve
no escorrer dos braços
sem margens
sem represas
como rio de rumo ao sul
esquivo ao norte
à tarde em chamas!
Olha-me humedecido
acalma nos teus olhos
a tempestade
que se levantou nos meus
quando o céu rompeu as nuvens
à farpa aguda da saudade e do desejo!...
Apara-me o verter da boca
nos teus lábios de mel
talhados de açucenas
e ama-me;
ama-me demasiadamente…
e adormece-me depois
na cama do teu colo!


João Luís Dias

 
Autor
jluis
Autor
 
Texto
Data
Leituras
990
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
19 pontos
9
5
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 08/07/2014 04:10  Atualizado: 08/07/2014 04:10
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16003
 Re: MEL E AÇUCENAS
Parabéns Poeta
Ternura em versos! Adorei!
Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
saraabreu
Publicado: 08/07/2014 22:07  Atualizado: 08/07/2014 22:07
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2014
Localidade:
Mensagens: 2423
 Re: MEL E AÇUCENAS
Um poema acolhedor e doce para um momento mais decadente João.

"MEL E AÇUCENAS"

Bem inspirado, por isso bem conseguido.

Luzia


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/07/2014 01:41  Atualizado: 10/07/2014 01:41
 Re: MEL E AÇUCENAS
Sempre tão belos...


Parabéns João

bjs


Enviado por Tópico
MarinaNegre
Publicado: 10/07/2014 16:36  Atualizado: 10/07/2014 16:36
Super Participativo
Usuário desde: 27/05/2014
Localidade:
Mensagens: 186
 Re: MEL E AÇUCENAS
intenso, vibrante. açucena é flor serena
e deve ficar vibrante se embebida em mel.

gostei do poema.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 19/02/2015 12:09  Atualizado: 19/02/2015 12:09
 Re: MEL E AÇUCENAS
Poesia perfeita poeta!

De uma beleza de encher os olhos!

Beijos,

Anggela