https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

QUIMERA

 
Tu passaste bela, provocante
Teu corpo felino, estuante
O meu olhar queimou.
Meu coração sôfrego de amor
Ousado, forte dominador
Teu desafio, com brio aceitou.

Teu corpo é un esplendor
Um belo oásis de amor
Em deserto que embrasa.
Praia onde quero nadar
Mar para eu me afogar
Em desejo que esmaga.

Tens olhos encantados
Lábios tão desejados
Escarlates de ardor.
Teus seios, são de uma Deusa
Onde com terna beleza
Eu te darei meu amor.

Mas os anos passaram
E eu não sou que um amoroso
De quimeras, fica a ilusão.
Teu corpo continua um monumento
E eu não sou que um espavento
Sem esperança, ficou a ambição.

A. da fonseca


SOU COMO SOU E NÃO COMO OS OUTROS QUEIRAM QUE EU SEJA

Sociedade Portuguesa de Autores a Lisboa
AUTOR Nº 16430
http://sacavempoesia.blogspot.com em português
http://monplaisiramoi.eklablog.com. contos para as crianças de 3 à 103 ans
http://a...

 
Autor
Alberto da fonseca
 
Texto
Data
Leituras
615
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
12
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 23/01/2008 19:27  Atualizado: 23/01/2008 19:27
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: QUIMERA
Poema com força, juventude (viço), ternura e ...sobretudo...com o amor da dignidade. Parabéns.
Um abraço.
h@p


Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 23/01/2008 23:44  Atualizado: 23/01/2008 23:44
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: QUIMERA
Eu diria, um poema reminiscente.Um beijo, Ledalge.


Enviado por Tópico
rosamaria
Publicado: 23/01/2008 23:49  Atualizado: 23/01/2008 23:49
Colaborador
Usuário desde: 10/09/2006
Localidade: Mindelo - Vila do Conde
Mensagens: 1015
 Re: QUIMERA
Ola Alberto
Poema de leitura muito agradável
jinhos
Rosamaria


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/01/2008 23:53  Atualizado: 23/01/2008 23:53
 Re: QUIMERA
Concebido e sugestivamente dito através da concepção neo-platónica do amor, restou a filosofia, a ilusão, o título mais que oportuno, e: - a bela poesia.
Um abraço, Godi.


Enviado por Tópico
De Moura
Publicado: 24/01/2008 00:18  Atualizado: 24/01/2008 00:18
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2007
Localidade: USA / NJ
Mensagens: 752
 Re: QUIMERA
Olá Alberto,

Que maneira tão linda de olhar uma mulher.

Mas nunca te sintas sem esperança...essa é a última a morrer.

Um beijo, Alcina


Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 24/01/2008 00:24  Atualizado: 24/01/2008 00:24
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4528
 Re: QUIMERA
Muito apaixonado o seu poema, amigo Alberto

"...Um belo oásis de amor
Em deserto que embrasa.
Praia onde quero nadar
Mar para eu me afogar
Em desejo que esmaga...."

Beijinho POETA