https://www.poetris.com/
 
Acrósticos : 

SEUS FILHOS

 
SEUS FILHOS
 
J á, e a palavra que desperta toda emoção quando estamos aguardando algo,
O momento da realização, fim da espera nos deixando feliz, a espera do
N ascimento do filho amado, este que por nove meses carregaste em seu ventre,
A pós esse longo período, a alegria tomou conta de seu coração,
T erminou, hoje podes contemplar seu filho amado!
H averá um tempo em que este mesmo filho dará a continuidade desse ciclo,
A mando alguém, que como você, sentirá a mesma alegria de ser mãe e trará ao mundo,
S ua obra mais bonita, uma outra vida, olhando para você, lhe dirá –Veja mãe, seu neto.

R epresentando, agora a garantia da perpetuação da família,
A quela, que por várias gerações seguira seu destino neste universo sem fim,
P lano divino que não somos capazes de entender, é um grande mistério.
H á um propósito em tudo isto? Sim!
A mor, pois a espécie em questão, o ser humano, e a menina dos olhos de DEUS,
E lementar! Pois de nada teria sentido, se não fosse assim!
L ouve a DEUS esse dom que ganhastes, o dom da perpetuação.




Geremias

 
Autor
BOMSUCESSO
 
Texto
Data
Leituras
907
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
5
3
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
saraabreu
Publicado: 26/08/2014 21:24  Atualizado: 26/08/2014 21:48
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2014
Localidade:
Mensagens: 2423
 Re: SEUS FILHOS
Uma ode ao nascimento ... quem sabe aos filhos, quem sabe à nova vida, quem sabe à esperança,quem sabe até à tristeza, quem sabe à agonia e até quem sabe ao/do poema...

Fica assim, sem tradução.

Um canto bem inspirado, humilde e por isso bem conseguido Geremias.
Gostei imenso e quis perceber assim se me permite.
bj


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 27/08/2014 11:24  Atualizado: 27/08/2014 13:30
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29222
 Re: SEUS FILHOS
Filhos uma essência que gemina de nosso ser onde nossos olhos se faz somente para eles que é o enfase de nossas vidas , o nosso prazer de viver.

lindo poema, bela palavras