https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

À má hora!

 
Quando meus aparelhos eletrônicos estão desligados
E todos em casa estão dormindo
Eu perco o sono na madrugada
E ouvindo o tic-tac do relógio vou refletindo

Sobre minha vida frágil e passageira...

Joga na minha cara sem piedade seu aparelho maldito
Oh relógio, será você a grande invenção do homem?
Que sempre sarcástico e indiferente me mostra
Que a cada passo dele minha existência se consome!

Abraço coletivo!
E cada um tem o seu próprio tempo!
Samuel
20/08/2014

 
Autor
samuelk7
Autor
 
Texto
Data
Leituras
279
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/08/2014 03:12  Atualizado: 21/08/2014 03:12
 Re: À má hora!
Impiedoso tempo...