https://www.poetris.com/
Poemas : 

Diario de um ancioso!

 



Eu mesmo me tornei meu maior inimigo
Sou refém da minha mente agitada
Não consigo controlar meus pensamentos
E a maioria dos meus medos não acontece na pratica

O ancioso é um ser que vive do futuro
Preso ao passado e o presente ele nem vê
Minha mente parace que nunca vai desligar
Preocupado com algo que nem vai acontecer

Obcecado...

Passo horas e horas pensando
Repassanso na mente cada erro que cometi
Perfecionismo e ansiedade é meu tumor maligno
Que pouco a pouco vai devorando a mim

Coração bate forte e descompassado, falta ar
Já não tenho unhas para roer
Insônia, fadiga,cansaço, dores musculares
E um mau humor que domina você

O pior inimigo é aquele que você não vê
Meu medo irracional é como uma febre infeciosa
Misturo vodca no meu suco de laranja
Para meus pensamentos não subir,crescer e tomar forma!




Mateus 6:25-34 ARA
Por isso, vos digo: não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo, mais do que as vestes? Observai as aves do céu: não semeiam, não colhem, nem ajuntam em celeiros; contudo, vosso Pai celeste as sustenta. Porventura, não valeis vós muito mais do que as aves? Qual de vós, por ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado ao curso da sua vida? E por que andais ansiosos quanto ao vestuário? Considerai como crescem os lírios do campo: eles não trabalham, nem fiam. Eu, contudo, vos afirmo que nem Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles. Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós outros, homens de pequena fé? Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que comeremos? Que beberemos? Ou: Com que nos vestiremos? Porque os gentios é que procuram todas estas coisas; pois vosso Pai celeste sabe que necessitais de todas elas; buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal.



 
Autor
samuelk7
Autor
 
Texto
Data
Leituras
137
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 13/06/2019 18:00  Atualizado: 13/06/2019 18:00
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2015
 Re: Diario de um ancioso!
Ansioso