https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Revolta

 
Tags:  amar    escrever    voar    revolta    gritar    odiar  
 
Quero articular as palavras
que teimam em nó na garganta
Quero escrever nas árvores nas paredes no chão
Quero sentir-me mais que rosto,corpo
pernas,braços,que se movem,agitam sem motivação

Ver em dias de chuva o sol brilhar
Castelos de nuvens quando o sol me cansa o olhar
Sentir asas quando os pés pesam ,e não consigo caminhar

Quero soltar o pássaro escondido no mais íntimo do meu ser
Abrir asas e voar,voar a liberdade oprimida pela sociedade
Gritar ao mundo o que penso,sinto e me faz revoltar
Quero voar,voar,voar.Esquecer a lucidez,embriagar-me de vida
e amar,odiar,contestar.Fazer todos os instantes da minha vida um novo amanhecer

 
Autor
Angy
Autor
 
Texto
Data
Leituras
779
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 21/09/2014 10:46  Atualizado: 21/09/2014 10:46
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29299
 Re: Revolta
Gritos que vem de um corpo preso pelos instantes onde algo não mais se articulam nos olhos, perdendo a essência dos olhar em um mundo não social que não se move aos verdadeiro planto do viver, onde se libertar é brigar para dos caminhos se apropriar.