https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

OUTONO

 
No outono
as folhas pousam, se o vento é brando
tapeteando os caminhos.
No outono
o sol é intruso, se espreita pela manhã
e se teima quente à meia tarde.
No outono
o dia e a noite começam cedo
e a chuva cai, arrefecendo sem gelar.
No outono
vão-se os pardais
ficam os ninhos franqueados no silêncio.
No outono
se de brio se quer estação
o ar arrefece, a terra arrefece
e ao pó não se deve o cinzento dos dias.
No outono
quando o vento opulento chega
varre o chão, penteia a floresta
e obriga o inverno a esperar...
permitindo aos rios
descer ainda sem sobressaltos.


João Luís Dias

 
Autor
jluis
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1001
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
6
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/10/2014 02:33  Atualizado: 26/10/2014 02:33
 Re: OUTONO
Lindo poema!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/10/2014 10:43  Atualizado: 26/10/2014 10:43
 Re: OUTONO
*para muitos o 'outono' é acinzentado, melancólico...
eu, pessoalmente, sinto e vejo tanta poesia nessa estação.
as cores outonais, as promessas dos frutos, os ventos varrem as folhas d'alma...
tua escrita, para guardar no peito e no olhar,
beijoka*


Enviado por Tópico
atizviegas68
Publicado: 28/10/2014 14:18  Atualizado: 28/10/2014 14:37
Colaborador
Usuário desde: 09/08/2014
Localidade: Açores
Mensagens: 1358
 Re: OUTONO
Existencial e melódico.
Embala a nostalgia do "Outono" de cada um.

Belo, muito belo!
Obrigada.

Abraço.