https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Velho demônio caído

 

A bebedeira junto a toda choradeira
olhando seu velho demônio caído
que não queria se levantar.
Ficou cansado de ser vilipendiado e rejeitado
ao ficar só decidiu testemunhar.

Garrada de tequila sobre a mesa,
cinzas de cigarros espalhados nos cabelos,
lágrimas caindo ao chão.
No espelho quebrado o rosto de uma
pobre menina sozinha, frígida e vazia.

Fazia promessas vazias,
Implorando a seu anjo caído
que não participasse de sua execução,
precisava usufruir de alucinógenos
para fugir de todos entusiastas veementes doentes.

De joelhos pagava por seus pecados
por não ter intercedido
quando no silêncio da madrugada
a complacência impregnava sua alma torpente.

Seu ominoso cúmplice partiu sem se despedir,
Ficara desamparada no deserto ermo aterrorizada
esperando a cavalaria que porventura a salvaria.

Mas de quem - ela não sabia.




thess

 
Autor
Thessica
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1329
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
36 pontos
18
6
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/11/2014 17:39  Atualizado: 04/11/2014 17:39
 Re: Velho demônio caído
uma cena dramática, o abandono, e um tropel ao longe...
um abraço e parabéns


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/11/2014 19:21  Atualizado: 04/11/2014 19:21
 Re: Velho demônio caído
Muito bom, gostei.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/11/2014 22:44  Atualizado: 04/11/2014 22:44
 Re: Velho demônio caído
Lindissima poesia!


Enviado por Tópico
charliebartolomeu
Publicado: 05/11/2014 15:58  Atualizado: 05/11/2014 15:58
Participativo
Usuário desde: 31/10/2014
Localidade:
Mensagens: 34
 Re: Velho demônio caído
Adorei, muito bom.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/11/2014 16:07  Atualizado: 05/11/2014 16:07
 Re: Velho demônio caído
Parabéns poetiza, amei o poema



Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/11/2014 16:40  Atualizado: 05/11/2014 16:40
 Re: Velho demônio caído
Helen de Rose apagou meu texto depois de um choro do "Gyl" com a desculpa de que era metapoema, mas manteve este aqui. É gozado.

poderia também apagar a maioria dos "JogonSantos" e "Gyl" também... pensando bem, a maioria dos recadinhos velados seriam apagados e este sítio seria bem mais enxuto (e habitável)

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 06/11/2014 07:46  Atualizado: 06/11/2014 07:46
 Re: Velho demônio caído
Nossa! Que poema mais lindo querida! Bjm


Enviado por Tópico
marciocorrea
Publicado: 07/11/2014 19:05  Atualizado: 07/11/2014 19:05
Da casa!
Usuário desde: 30/10/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 374
 Re: Velho demônio caído
muito bom, me fez lembrar muitas coisas, e que jeito inteligente e poético de descrever a bohemia e suas consequencias, amei muito bom