https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

TROCADILHOS

 
Hei de passar minha vida em revista
Porque nas revistas do mundo
Meus poemas são entrevistas...

Hei de pintar meus cabelos grisalhos
Porque brancos me deixam coroa...
Meu espírito é jovem, quero ser rei
E adornar-me com uma coroa
Sem precisar de tomar de uma moeda
E jogá-la de cima até embaixo e ver
No que deu: cara ou coroa?

Hei de aguar as plantas do jardim
Porque na planta de minha casa
Edifiquei um jardim da infância
A fim de curtir o sorriso das crianças...

Minha casa é um imenso tesouro
Onde guardo meu cansaço
E ofereço hospedagem a um amigo
Que casa e, em lua de mel,
Abre a casa dos seus botões...

Hei de ofertar uma rosa da roseira
Que há em meu quintal e dar à
Rosa o vestido cor-de-rosa
Para que ela não vá colher flores
Dentre as urtigas do matagal...

Hei de barbear minha cara
Com aquela loção cara
Que um cara me ensinou...

Hei de estudar Física
Para entender certos movimentos
Porque na Educação Física
Muito me machuco e sofro tormentos...

Hei de ir ao zoológico ver os macacos,
Mas antes necessito de vistoriar o carro,
Pois tenho dois macacos para alevantar
O veículo e sou alto o suficiente
Para botar macaco no regulador de energia...

Por hoje é o bastante... É que estou só
E só eu para entender
Que dois mais dois são cinco...oh, são quatro!


 
Autor
imelo10
Autor
 
Texto
Data
Leituras
753
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
0
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.