https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Desilusão : 

como posso ?

 
COMO POSSO ?

Eu queria deixar-te ,apagar-te de vez
Desta minha vida doida, de idiota
E lançar-me ,se pudesse a outra aventura
Livre e ai largo como uma gaivota.

Quem ama sofre E tu sabes muito b em
O que custa um não querer diário e de castigo
Um silêncio absurdo, horrível e de vontade
E eu só em em saudade, sem estar contigo.

Mas não posso apagar tua lembrança
Do teu corpo e rosto e do teu vinho
Dos teus sorrisos sonoros e teus ais

Pois soubestes transformar pequenas esperanças
Ao dar-me o teu corpo, beijos e carinho
Em grades momentos que não voltam mais

08/01/15






 
Autor
D.Sousa
Autor
 
Texto
Data
Leituras
393
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
0
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.