https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Paixão : 

FITANDO O AZULADO MAR

 
Tags:  poema  
 
FITANDO O AZULADO MAR

(Jairo Nunes Bezerra)

De repente ela partiu para distante,
Deixou-me cada vez mais solitário...
Nada mais será com antes,
De sua beleza serei apenas visionário!

E nossos afagos sem continuidades,
Já pertencem a um passado que se distanciou,
Vigora agora apenas saudades,
Do romance que se findou!

E confesso-te com vitalidade sigo em frente,
Por estrada diferente,
Tentando com esforço te olvidar!

Lágrimas imperantes do meu olhos saltitam,
E neste espaço mais se agitam,
Misturando-se às águas salgadas do mar!








 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
514
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.