https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

SEPARADOS PELO DISTANCIAMENTO

 
Tags:  poema  
 
SEPARADOS PELO DISTANCIAMENTO
(Jairo Nunes Bezerra)

A tristeza persistente faz parte do presente,
Não é a chuva vertiginosa que cai lá de cima...
É a constante saudade por viveres ausente,
E que aos poucos cada vez mais me alucina!

E distante em outra região sempre sorrindo,
Caminhas exibindo o teu corpo atraente...
Banhista à aproximação de ti vais proibrindo,
E seminua vais em frente!

Sei, sentes falta de afagos,
Nas águas o teu corpo sensual mergulhado,
É a atração dominante!

E fora das águas em outros distantes mares,
Sem visitar sequer novos lugares,
Viro a buscar-te um eterno andante!


 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
478
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.