https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Cores Pra Viver

 
Solte ao vento os cabelos e deixe que ele leve
O perfume à distância, a quem chega à sensação
De ser o poeta da sua lua, do poema que se descreve
Por sonhos que a essência, dá-se forma à inspiração

Instante poético que o brilho límpido em cor de neve
Descortina desejos que brotam a cor de uma paixão
Pela metamorfose do tempo de uma duração breve
Em desequilíbrio a terra pela poesia em tentação

A uma alma apaixonada que pela prosa não disfarça
A volúpia que se aflora pelo o riso que não se contém
Em beleza as cores que ao olhar seu coração esgarça

Em disritmia acelerada pelo caminho que lhe marca
O destino dos passos em direção ao encontro de quem
A beleza lhe possa florir as cores de sua graça


Murilo Celani Servo

 
Autor
murilocs
Autor
 
Texto
Data
Leituras
448
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
23 pontos
1
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/02/2015 20:01  Atualizado: 10/02/2015 20:01
 Re: Cores Pra Viver
*sempre muito bom te ler!
beijoka*