https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Porto Alegre: como não te amar?

 
Tags:  cidade    Ruas    árvores    menino poeta    Porto Alegre  
 
Das ruas que me vestes asfaltos
Eu menino poeta...
Das árvores que me abraçam
com tanta ternura
Eu menino poeta...
Das casas que me observam por trás
dos pequenos muros
Eu menino poeta...
Das praças que perfumam o meu olfato
Eu menino poeta...
Das mulheres Gaúchas que embelezam
Tu cidade Porto Alegre
Eu menino poeta...
Das bombachas do chimarrão
do churrasco Gaúcho
Eu menino poeta...
Das águas do Guaíba com um dos
Por de sol mais lindo do Brasil.
Eu menino poeta...

Porto Alegre: Como não te amar?


( Nelson Martins )


Open in new window


 
Autor
NelsonMartins
 
Texto
Data
Leituras
729
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
7 pontos
5
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/04/2015 09:46  Atualizado: 22/04/2015 09:47
 Re: Porto Alegre: como não te amar?

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/04/2015 09:46  Atualizado: 22/04/2015 09:48
 Re: Porto Alegre: como não te amar?
Como não amar o passeio de barco pelo Guaíba?
Como não ficar com olhos vidrados no city tour
Centro Histórico?
Como não ser criança no restaurante Panorâmico?
Como não amar o domingo no Parque da Redenção?
Como não vibrar quando o avião pousa na pista
do Salgado Filho, sentindo a alma acelerada
para ver um anjo sorrindo no Parque Minuano?
Ah, Porto Alegre...Como eu te amo!





Parabéns, Nelson Martins!
Que rica lembrança!
Porto Alegre me faz uma eterna criança.


Leonor Huntr


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/04/2015 11:52  Atualizado: 22/04/2015 11:52
 Re: Porto Alegre: como não te amar?
PORTO ALEGRE.

Não somente Porto Alegre, porem todo o Rio Grande do Sul é um pedaço do Brasil que sempre frequentou minha mente e sempre produziu em mim o desejo de estar ali. Sua musica, sua história, sua tradição, seus costumes, sua culinária (estou em Minas agora, que também tem uma culinária fantástica), tudo me encanta e não é de hoje. Ouvir Kleiton e Kledyr cantando "Deu pra ti baixo astral, vou pra Porto Alegre tchau..."

Bom demais da conta (como dizem os mineiros)
cara, coisa boa isso (um paulista falando)

Pedro