https://www.poetris.com/
 
Homenagens : 

Homenagem ao dia do Trabalho

 
Tags:  DIA DO TRABALHO  
 
O Rei do Sertão


Não tem Virgulino
Corisco, nem Lampíão!
Segurando a lamparina
Tranquilo, está
o Rei do Sertão!

A seca aumenta
O juízo esquenta
O Rei do Sertão!
Com a enxada na mão!

Derruba uma , duas, três...
Quem disse que não é de uma só vez?
Cada espaço com o seu feijão,
Ninguém o supera...
A chuva esparsa só cai ali
Naquele espaço!

O rei do sertão
Com sua superstição...
Vislumbra a "barra" do vento
Ao relento, ele manda.

O Reinatão ninguém supera
Com a clava forte "debulha",
seca e ensaca,
O Valente Renatão
Das tarefas de Terra
Do milho que encerra
a safra e que conquista
Tudo naquela serra.

Marcelo de Oliveira Souza.IWA


Marcelo de Oliveira Souza,IwA
Dr. Honoris Causa em Literatura
site: www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net - Concurso Literário
blog: http://marceloescritor2.blogspot.com
Instagram: @marceloescritor

 
Autor
marcelooso
 
Texto
Data
Leituras
450
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
1
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 02/05/2015 09:49  Atualizado: 02/05/2015 09:49
 Re: Homenagem ao dia do Trabalho
Olá Marcelo, que bom te ver por aqui, eis um belo poema!

Excelente!


"Falar de amor quando o coração escalda tristeza é poesia, é ser poema, é torna-se poeta"

ABRAÇO!

ASS: GERSON CLAYTON RODRIGUES DOS SANTOS. (s.d.).

Pseudônimo: © GCRS