https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Ausência e Vazio

 
Tags:  vazio    ausência    da    reticências    ALZHEIMER  
 
Ausência e Vazio
 
À mamãe e à todos os portadores de DA, seus familiares e amigos, neste dia das mães.

Ausência e vazio
Elen de Moraes Kochman

Lágrimas nos olhos meus
são águas rasas... de um rio
que nasce na minha alma,
no seu subsolo sombrio.

Alma que não tem pousio...

Elas invadem o tempo,
embaçam brilho do olhar,
escancaram a emoção,
se mais a quero ocultar.

Emoção que hoje desfio...

Sufocam meu coração
ao escorrer dentro do peito...
Nele afogam minha voz,
sem dó e a meu despeito.

Voz que jamais silencio...

Lágrimas de desalento
por ver-te, sem referências,
nesse teu escuro abismo
e por tuas reticências...

Abismo de horas a fio.

Lágrimas que agrego às tuas
quando a solidão te fere,
quando o pranto da saudade
ao passado te transfere...

Saudade, teu desafio.

Mas iluminam meu rosto,
espantam as minhas mágoas,
se te retorna a memória
e nos meus braços deságuas.

Memória... ausência e vazio...


Open in new window

 
Autor
elendemoraes
 
Texto
Data
Leituras
492
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
2
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 11/05/2015 17:23  Atualizado: 11/05/2015 17:23
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16057
 Re: Ausência e Vazio
Poetisa
Doença maldita que rouba nossas melhores lembranças! Sinto muito pela sua mãe!
Beijos!
Janna