https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Sem Rede

 
não quero seguir
uma página qualquer
de um astro blogger,
do face ou do tweeter

não quero pôr
um polegar like
sentindo que é fake
antes quero a bike
ou um bom cupcake

não quero supor
que o mundo real
sejam emoticons a rir
com flores e fones
ou outros tantos ícones
com ar anormal

não posso admitir
que apenas um clic
certifique
o valor
de um avatar
que sofre por desamor
sem saber amar

 
Autor
pAuLoGaLvAo
 
Texto
Data
Leituras
370
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
30 pontos
16
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ÔNIX
Publicado: 16/06/2015 09:35  Atualizado: 16/06/2015 09:35
Colaborador
Usuário desde: 08/09/2009
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2695
 Re: Sem Rede
E como nos deixamos levar pelas novas tecnologias, em algum ponto de encontro, deixaremos de nos sentir, quando no mesmo ponto se concentrar o mesmo tipo de linguagem comum da era da evolução tecnológica.

Gostei de ler.

Grata pela sua visita


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 16/06/2015 12:24  Atualizado: 16/06/2015 12:24
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: Sem Rede
Evoluções que se completam, mas as vezes em rede fica aquele vazio sem algo se completar, os corações ficando sem clicar.

belo poema


Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 16/06/2015 14:23  Atualizado: 16/06/2015 14:23
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 6498
 Re: Sem Rede
Não seguir página qualquer dos astros blogger é uma decisão bem tomada, porque doutro lado da tela, podem esconder olhares de patranha que vagueiam nos campos da nova tecnologia.
Adorei a leitura.
Abraço!
upanhaca


Enviado por Tópico
Onde_está_o_@mor?
Publicado: 17/06/2015 21:53  Atualizado: 17/06/2015 21:53
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Funcheira
Mensagens: 690
 Re: Sem Rede
Olhe compadre eu nã percebi foi nada, que voce escreveu muito em estranjeiro. Mas acho que nã deve mesmo fazer nada que nã queira. abraço


Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 18/06/2015 00:13  Atualizado: 18/06/2015 00:13
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: Sem Rede
Pois, é, poeta. Estamos vivendo um tempo líquido, de clics e curtidas mais rápidos ainda, distribuídos a granel. Fizeste a melhor escolha!

Parabéns, gostei do tom super moderno do teu poema.

Bjosss


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 18/06/2015 01:11  Atualizado: 18/06/2015 01:11
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: Sem Rede
Amigo para quê a rede se o mundo está tão leve de conteúdo...mas gostei do seu clik. Abraço Vólena


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/06/2015 15:39  Atualizado: 18/06/2015 15:39
 Re: Sem Rede
É isso aí! Muito bom!


Enviado por Tópico
MarySSantos
Publicado: 29/06/2015 13:51  Atualizado: 29/06/2015 13:51
Luso de Ouro
Usuário desde: 06/06/2012
Localidade: Macapá/Amapá - Brasil
Mensagens: 5282
 Re: Sem Rede
a escolha de sentir a vida, mesmo como verdadeiramente ela é, sempre será a melhor.
às vezes existe a necessidade de usar da tecnologia, até mesmo porque tudo é muito corrido nos dias de hoje e o tempo fica cada vez mais curto. o grande problema é fazer dela um vício. é dar a ela vida quando ela nunca se preencherá de alma.

adorei ler seu texto reflexivo.

bjos!