https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Desilusão : 

Outrora

 
Tags:  tristeza    melancolia  
 
I
Tudo aquilo que outrora foi amor,
Hoje não são mais que lembranças,
Tudo aquilo que já foi felicidade,
Hoje é dor já envelhecida...
Nossas vidas seguiram por bifurcações e tornaram-se distâncias...

II
E por possibilidades de universos quânticos,
Quiça ainda todos estivessem perto.
E o amor não houvesse partido...
Se por ventura, não tivéssemos partido!

III
Mas Corações partiriam e tomariam distância!
(Em noites frias como essa o mundo ja foi meu e a tive em meus braços...)
Mas a vida tomaria para si a continuidade e a saudade...
Quiça em um outro tempo...
Quiça em outra vida...

IV
E nem em éons eu poderia esquecer.
Que outrora eu fui feliz.
Mesmo sem perceber.
Eu fui feliz...

V
E não sei porque tudo aquilo que sempre
Poderia ser eterno...
Sempre se perde no tempo...
Junto com o que não foi dito
Ou entendido o suficiente.


(Addedum)
Mas o que importa agora?
Pois hoje já é findo o tempo...
Hoje já é história...
Somente história...


Citando:
"...Somente o amor!!! suaviza o caos do mundo!..." N.'.B


 
Autor
nandobardo
 
Texto
Data
Leituras
599
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
kirinka
Publicado: 23/06/2015 08:44  Atualizado: 23/06/2015 08:46
Colaborador
Usuário desde: 17/03/2015
Localidade:
Mensagens: 804
 Re: Outrora
___________________________________________

sentido
triste
e perfeitamente entendido.

o lamento da não continuidade
mas faltando ver a graça (gratidão)...de se ter vivido.

o propósito da vivência (independentemente da quantidade de tempo que se vive)
para um amanhã mais rico

conscientes disso, assim o vamos permitir...assim acontecerá!

Acredito nisso!!


Mas os desabafos (tanto de dor como de amor) também nos enriquecem e são saudáveis...pelo menos aliviam...(quer tenha sido escrito na primeira pessoa ou não)
Gostei bastante!!



Abraço


Luka