Poemas : 

Prisioneiro

 
Tags:  amor    memória  
 
Estou preso nas memorias
Nas doces lembranças de nos dois.
Nos doces abraços apagados pelo tempo
Ainda me lembro do sabor de teus lábios.

Eu sei que nada irá mudar.
Eu sei que a dor sempre estará presente
Mas eu não me importo
Porque num dia eu soube o que era.

Soube ser feliz por um dia
Um dia mágico a teu lado
Um dia que será sempre amado
E será sempre uma memoria

 
Autor
José-Luis-Andrade.F
 
Texto
Data
Leituras
818
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
8
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Peta
Publicado: 23/07/2015 13:45  Atualizado: 23/07/2015 13:45
Membro de honra
Usuário desde: 24/06/2015
Localidade: Lisboa
Mensagens: 711
 Re: Prisioneiro
Lembranças de um amor precocemente adiado, não se apagam com o tempo.
Poema com fim triste, adorei.
abraços, Peta.


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 23/07/2015 15:31  Atualizado: 23/07/2015 15:31
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12485
 Re: Prisioneiro p/José,Luis.Andrade
Para se contar uma má história, será preciso memória?
Gostei Vólena


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/07/2015 09:26  Atualizado: 24/07/2015 09:26
 Re: Prisioneiro


Enviado por Tópico
Ro_
Publicado: 25/07/2015 12:34  Atualizado: 25/07/2015 12:34
Membro de honra
Usuário desde: 25/09/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 3985
 Re: Prisioneiro*-*
Que lindo, poeta!
Eu adorei ler!
Um beijinho!


*-*

Enviado por Tópico
Marcyflor
Publicado: 25/07/2015 12:44  Atualizado: 25/07/2015 12:44
Membro de honra
Usuário desde: 13/07/2015
Localidade:
Mensagens: 367
 Re: Prisioneiro
Quando os momentos vividos foram belos e intensos,sempre ficarão gravados na memória!

Felicitações,amei!

Paz e luz!

Deixo flores para perfumar seu dia!

Open in new window