https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Saudade : 

ESPAÇO ROSADO

 
Tags:  poema  
 
ESPAÇO ROSADO
 
ESPAÇO ROSADO
(Jairo Nunes Bezerra)

No jardim as rosas desabrocharam,
Brilha o sol radiante no firmamento...
A natureza belezas esnobam,
Desaparecem dos insidiosos os lamentos!

Abro os olhos amortecidos pelo cansaço,
Visionando o luar ficara acordado...
Embora o tempo visibilizado escasso,
Agora levanto-me desolado!

E de ti se precipita a saudade,
Faltou na noite a tua costumeira pontualidade,
E vigorou mais forte a solidão!

De mudança sempre vítima constante,
Sinto de tuas ausências inconstantes,
O peso da incompreensão!

 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
435
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.